Uma Iniciativa Logo Softplan

Benefícios de um projeto de obra pública bem detalhado

3 min. para leitura 27/04/2016

Obra pública é toda construção, recuperação, reforma ou ampliação de um empreendimento que será utilizado para atender as necessidades básicas dos cidadãos, como praças, estradas, escolas e hospitais. Ela pode ser realizada pelo órgão ou por construtora terceirizada por meio do processo licitatório. Uma obra pública é composta de muitas fases, como por exemplo, a fase anterior à licitação, que estuda a viabilidade da obra; a fase interna da licitação em que são produzidos o projeto de obras e o edital de licitação; a fase contratual, em que são firmados os contratos e a fiscalização de obra, entre outros.

Uma das fases mais importante de execução de uma obra pública é a a criação do projeto de obras. É nela que são realizadas as análises de cálculo, o detalhamento estrutural e são tomadas as decisões que vão direcionar e garantir a qualidade da edificação. Investir nessa fase é fundamental para ter uma visão geral do custo da obra, do tempo de execução e da exploração dos recursos.

Um projeto de obras bem detalhado pode evitar problemas durante a execução, melhorar a gestão de obras e agilizar o processo decisório. O portal e-Gestão Pública destacou alguns benefícios que o investimento nessa etapa da obra pública pode proporcionar. Confira abaixo.

3 benefícios de um projeto de obras bem detalhado

Cronograma Físico e Financeiro

Um projeto de obras pública bem detalhado proporciona um melhor planejamento físico e financeiro da obra. Nesse planejamento devem constar informações de prazos para cada uma das fases da obra pública. A precisão nas informações de desembolso – do Cronograma Físico-Financeiro – em cada etapa da obra, permite ao Estado um planejamento de desembolso consistente, o que evitará uma falta de pagamento eventual e a consequente paralisação da obra. Um cronograma bem executado permite também a entrega da obra dentro do prazo previsto (coisa rara no Brasil), o que acaba beneficiando a comunidade a que se destina essa obra, além de trazer dividendos políticos a atual gestão governamental que a executou. A eficácia de um cronograma bem elaborado passa também pela melhor gestão da obra por parte da empresa executora, uma vez que lhe permite programar a compra de materiais e contratação de subempreiteiros, por exemplo. Dependendo da obra o Cronograma físico-financeiro pode variar de um mês a vários anos. Independentemente do prazo, sua importância para uma perfeita gestão é a mesma.

Uma grande vantagem do cronograma físico-financeiro é que, sendo bem elaborado, evita a profusão de aditivos de contratos  que atrasam e encarecem uma obra pública e, muitas vezes, são fornecidos para desvio de verbas, com fins ilícitos. Além disso, o planejamento permite ter uma visão global do andamento da obra, do fluxo financeiro e a antecipar situações críticas.

Facilita a execução

O projeto de obras funciona como o guia de execução de uma edificação e direciona como, quando, quanto e por quem os serviços serão realizados. Quanto mais detalhado for o projeto, mais otimizada e assertiva será a execução do projeto. Nessa fase estão envolvidas empresas de construção, escritórios de engenharia, coordenadores de projetos e gestores públicos, responsáveis pela segurança e meio ambiente e um projeto de obras bem detalhado facilita a comunicação entre esses vários setores.

Diminui os erros executivos

Quanto mais complexa for a obra, mais passível de alterações ela será, visto que, por mais bem elaborado que seja o projeto de obras não há como prever problemas climáticos, falta de material e mão de obra, que podem até atrasar a entrega da obra pública.  Se o projeto de obras é bem detalhado também facilitará nas medições. Por meio delas é possível verificar se o valor que foi contratado foi, de fato, o mesmo especificado no cronograma físico-financeiro utilizado na execução. Inclusive existem softwares no mercado que facilitam essas medições e diminuem ainda mais possíveis distorções, já que uma planilha de medição, no Excel, na qual muitos profissionais fazem edições de quantidades e valores, permite maior possibilidade de erros na hora da prestação de contas. Além disso, esses softwares também calculam o reajuste de contrato, caso seja necessário, e levam em conta os diversos índices possíveis.

Agora que você já conhece os benefícios de um projeto de obras bem detalhado, leia algumas dicas para a gestão de obras se adequar a lei de responsabilidade fiscal.