Uma Iniciativa Logo Softplan

Inteligência fiscal otimiza a recuperação de tributos no município

4 min. para leitura 20/03/2019

A arrecadação de impostos é um tema de extrema importância para os municípios por se tratar da principal fonte de recursos dessa esfera pública. Mas muitas verbas acabam se perdendo pela falta de um mecanismo de controle eficiente.  Uma maneira de evitar que isso aconteça é investindo em um sistema de inteligência fiscal, que torne a gestão dos tributos mais organizada e previsível.

Um grande ganho que a automação proporciona às cidades é na recuperação do ISS (Imposto Sobre Serviço). Graças a algoritmos que aplicam métodos determinísticos e/ou probabilísticos e à inteligência artificial, soluções como o InnovaCity Inteligência Fiscal, da Softplan, realizam o cruzamento de dados internos e externos, permitindo que o auditor tenha acesso à ficha detalhada dos contribuintes com problemas de pagamento e inicie as negociações para a reintegração dos valores.    

As informações são consultadas em mais de 20 fontes diferentes e alguns exemplos são dados cadastrados na própria prefeitura, na Receita Federal, em redes sociais e até mesmo em mecanismos de busca e comparadores de preços de estabelecimentos de turismo, no caso do setor de hotelaria. É possível enxergar também o resumo das declarações dos últimos meses, gráficos de emissão de notas fiscais, entre muitos outros pontos.   

Como um sistema de inteligência fiscal auxilia o trabalho do auditor

Fiscalizar os milhares de contribuintes que atuam no setor de serviços é um grande desafio para os auditores de praticamente todos os municípios brasileiros. Geralmente divididos por atividades econômicas, esses servidores precisam analisar diversas informações com o intuito de verificar se algo errado pode estar acontecendo. Esse processo costuma ser bastante demorado, principalmente porque as informações normalmente estão dispersas em sistemas diferentes, sem qualquer integração.

Durante o processo de fiscalização, o auditor precisa manipular uma série de planilhas para verificar se houve algum problema nas declarações. Em uma gestão manual, inúmeras falhas podem acontecer no meio do caminho, como por exemplo, não ser possível localizar o contribuinte em razão de um cadastro desatualizado ou incompleto.

Com o uso de um sistema de inteligência fiscal como o InnovaCity Inteligência Fiscal, da Softplan, isso não acontece, afinal, todas as informações são consultadas em diferentes bases de dados com a ajuda de tecnologias como a inteligência artificial. A solução executa robôs que fazem uma verdadeira varredura na internet em busca de informações dos contribuintes em várias vertentes.

São analisadas as redes sociais, os sites dos conselhos regionais e até mesmo plataformas de fornecimento de serviços, como comparadores de preços de hotéis (no caso de empresas ligadas ao turismo). Assim, é possível avaliar com segurança se o ISS recebido pela prefeitura condiz com o que é efetivamente realizado pelas organizações ou profissionais autônomos.

Outras funcionalidades do InnovaCity Inteligência Fiscal

A solução da Softplan está dividida em duas camadas. Uma delas é a do auditor, com todas as informações que esse servidor precisa para fazer uma fiscalização eficiente. A automação ajuda o profissional responsável por esta tarefa a visualizar as atividades econômicas de sua responsabilidade com muita facilidade, o que seria praticamente impossível sem o uso da solução. Além disso, ele consegue verificar a quantidade de contribuintes daquele segmento e quantos deles estão com status de irregularidade.

Outra funcionalidade importante do sistema da Softplan é que ele apresenta um resumo dos profissionais e empresas por segmento, qual o valor das notas fiscais emitidas e o ISS declarado. Ainda é possível filtrar essa lista usando diferentes critérios.

A outra camada é a do gestor, que, além de todas as características descritas acima, ainda mostra quanto cada fiscal recuperou em impostos em determinado período. Essa ferramenta é essencial para que os municípios tenham previsibilidade, consigam identificar gargalos e agir rapidamente para contornar as situações mais críticas.     

Um exemplo da eficácia dessa ferramenta é a Prefeitura Municipal de Florianópolis. Com o InnovaCity Inteligência Fiscal, ela conseguiu reaver no espaço de dois meses (entre novembro e dezembro de 2018) mais de R$ 242 mil em substituição tributária onde. foram atualizadas as declarações de 123 contribuintes com 909 notas fiscais. Outros R$ 32,5 mil foram recuperados com a regularização de 40 declarações de profissionais autônomos, totalizando mais de R$ 274 mil de recuperação direta.

Além da maior agilidade na cobrança dos tributos, podemos destacar também todas as vantagens de um sistema que opera em nuvem. São elas:

  • Solução muito fácil de ser implantada, pois não precisa de instalação;
  • Não exige o investimento em uma infraestrutura de TI;
  • plataforma web que pode ser acessada de qualquer lugar a qualquer hora.

Outro ponto de destaque é que toda a interação com o contribuinte fica registrada no sistema. Assim, é possível ter uma linha do tempo dos eventos relacionados a cada processo (quando foi feito o contato por e-mail, enviada uma carta, feita a visita para a conferência das notas, etc.). Tudo isso ajuda a dar ainda mais transparência às operações.   

Em uma era marcada pelo investimento em inovação, é fundamental que a gestão pública busque a ajuda da tecnologia para modernizar seus processos.

Como vimos, são vários os benefícios de contar com um sistema de inteligência fiscal e um deles é a possibilidade de reaver recursos que poderão ser aplicados na melhora da qualidade do serviço ao cidadão.

Para mais informações sobre o InnovaCity Inteligência Fiscal, fale com nossos especialistas.