Uma Iniciativa Logo Softplan

Recomendações importantes na elaboração de orçamento de obras públicas

2 min. para leitura 08/04/2016

O Estatuto das Licitações determina que o projeto básico deve contemplar um orçamento de obras públicas bem detalhado, fundamentado em quantitativo de serviços e  em fornecimentos propriamente avaliados. Quando essa exigência não é realizada com cautela pode causar problemas como falta de efetividade na relação custo/benefício da construção ou o pedido de aditivos de contrato. Um orçamento de obras públicas bem detalhado é uma ferramenta de transparência, possibilita um planejamento financeiro eficaz e facilita a prestação de contas. Abaixo separamos seis boas práticas que podem auxiliar a Administração Pública na hora de elaborar o orçamento de uma obra.

6 boas práticas na hora de elaborar um orçamento de obras públicas

Dificuldade de produzir orçamento sem ter todo o projeto concluído Um projeto bem definido e bem detalhado é a base para a elaboração de um orçamento de obras públicas mais assertivo. Você deve ter em mãos todos os elementos e detalhes dos serviços que serão executados, além de suas medidas e quantidades. Caso não tenha essas informações, você pode iniciar o orçamento, mas registre as pendências e não esqueça de revisá-las mais tarde. Um software pode ajudá-lo neste momento, analisando inconsistências e apontando falhas. O Obras.gov, por exemplo, permite o gerenciamento físico, financeiro e orçamentário de contratos de obras, possibilita a gestão de indicadores estratégicos, proporciona maior transparência aos investimentos da Administração Pública e ainda é alinhado com a lei 8.666. Uso de tabelas referenciais na elaboração do orçamento Utilize referenciais de preços atualizados e confiáveis. Uma boa dica é se basear no Sistema   Nacional   de  Pesquisa   de   Custos  e   Índices  da Construção Civil  SINAPI, da Caixa Econômica Federal, que contempla a maioria dos serviços executados em obras públicas. O DNIT também disponibiliza seu referencial, o SICRO, que considera os serviços de obras rodoviárias. A utilização de um software ajuda muito nesta etapa, pois geralmente permite a importação e a atualização desses dados. Base própria de referenciais   Se o orçamento de obras públicas que você está trabalhando tem características específicas, crie seu próprio referencial de preços. Evite retrabalho utilizando os insumos e composições auxiliares de outros dados. Um sistema de automatização de obras públicas pode ajudar neste trabalho, permitindo a cópia de informações de um referencial para outro e a criação de suas composições. Importância da padronização Elabore seu orçamento de obras públicas de forma organizada, criando títulos e subtítulos para definir as diversas fases da obra. Utilize os serviços das tabelas referenciais no seu orçamento e garanta as padronizações. Registre qualquer informação adicional sobre a execução dos serviços ou dos insumos utilizados, características técnicas ou até critérios de medição. Imagens, fotos e desenhos são sempre bem-vindos. Evite utilizar planilhas eletrônicas e suas fórmulas, pois podem ficar desatualizadas durante o trabalho e se tornar uma grande dor de cabeça. Utilize um sistema de orçamento e garanta que os valores sejam calculados corretamente, e de forma criteriosa. Atualização dos orçamentos de obras públicas Mantenha seus orçamentos atualizados. Nem sempre as obras públicas são licitadas ou executadas logo depois da elaboração dos orçamentos, exigindo várias atualizações. Utilize um sistema de orçamentos que permita a atualização da planilha de serviços a partir das novas tabelas referenciais. Mantenha as versões anteriores e acompanhe a evolução dos preços. Compartilhamento de informações Não fique isolado e compartilhe o resultado de seu trabalho. A utilização de um sistema integrado proporciona a utilização das informações do orçamento nas próximas fases do processo, como licitação, medições e acompanhamento dos contratos. Gostou de nossas recomendações para ajudar na hora de elaborar um orçamento de obras públicas? Você tem outra dica para acrescentar? Escreva no formulário abaixo e venha participar da conversa!