Uma Iniciativa Logo Softplan

Administração pública por princípios

< 1 min. para leitura 12/02/2018

Cada vez mais a Administração Pública busca na inciativa privada exemplos, ferramentas e métodos para aprimorar sua gestão e melhorar a prestação de seus serviços à sociedade.

A Administração Pública sempre esteve apoiada em princípios. No Estado Brasileiro estes princípios tornaram-se constitucionais.

O que é surpreendente é que as teorias de surgimento do Estado como ente corporativo são muito, mas muito mais antigas que o primeiro conceito de sociedade mercantilista privada, que adotou como princípio o lucro.

Ao longo dos anos o Estado e a iniciativa privada sempre permaneceram interligados, por mais que no cotidiano das pessoas isso não seja perceptível.

Por que primar pela administração pública por e com princípios?

Claro que na busca da maximização do lucro e do alcance da eficiência máxima (que alavanca o lucro) a iniciativa privada tomou a frente no que se refere aos modelos de gestão, sendo muitas vezes impulsionada pelas grandes academias, algumas, ironicamente, financiadas pela Administração Pública.

Uma coisa é certa, atualmente a Administração Pública no Brasil vive um momento nebuloso, as voltas com uma crise econômica que tem afetado qualidade dos serviços e investimentos públicos de maneira geral.

Pois bem, o grande desafio no ano de 2016 com toda certeza será a Administração Pública fazer valer o princípio denominado eficiência, que pode ser simplesmente traduzido como a busca do maior rendimento com o menor investimento; mais com menos. Muitos na iniciativa privada chamando isso de lucro, e esse é o princípio.

Por que não administrarmos esse país por e com “princípios”?